Segurança Pública de Mossoró avalia como positivo primeiro mês da Operação Ronda Integrada

Por Cesar Alves – Mossoró Hoje

ImagemHá pouco mais de 30 dias a cúpula da Segurança Pública de Mossoró iniciou, com o apoio de 30 homens da Força Nacional, um projeto piloto de combate à criminalidade em todas as regiões do município. A ideia é unir tecnologia com a força policial disponível, resultando na maior eficácia do trabalho. Nesta quinta-feira, 5, os comandantes da PM e delegados avaliaram os resultados da denominada “Ronda Integrada” como satisfatórios.

A Operação consiste na atuação em conjunto das polícias Militar, Civil e de Trânsito em todas as áreas da cidade, com o suporte da tecnologia, no caso do sistema de rádio digital e georeferenciamento das áreas com maior registrado de crime na cidade.

O delegado Cleiton Pinho destaca que a metodologia de trabalho aplicada é bastante eficaz e tem gerado bons resultados. “Sabemos da dificuldade de recursos que os estados têm principalmente para a segurança pública, e essa metodologia de trabalho, embora tenhamos diminuído a quantidade de policiais, nós conseguimos trabalhar com eficácia e eficiência porque nós passamos a trabalhar com georeferenciamento, com manchas de criminalidade, verificando como é que se comportam, trabalhando exclusivamente com a parte ostensiva num primeiro momento e em seguida estaremos com trabalho mais pontuais, como cumprimento de mandados de prisão, é uma operação que está dando certo, teve um fator muito importante de atuação em Natal, aqui em Mossoró está sendo muito bem avaliado”, afirmou Cleiton Pinho.

O delegado informa que este modelo de atuação das polícias está, inclusive, sendo levado pela Força Nacional para Brasília, e será avaliado pelo Ministério da Segurança Pública, para possível aplicação nos demais estados brasileiros.

“Há um tempo a polícia ostensiva deixou de fazer blitz, de fazer barreiras, e esse trabalho foi resgatado da presença do policial junto à comunidade, conversando, interagindo, fazendo seus atos de polícia ostensiva, bem como também utilizando as ferramentas para nós que tenhamos o comando e o controle da forma que está sendo aplicada a nossa escassa força de segurança pública”, afirmou.

O Comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, Major Jailson Andrelino destacou a redução das chamadas manchas criminais – locais onde é registrado o maior número de crimes, durante a implantação do novo método de trabalho. Os locais são divididos por áreas verdes, amarelas e vermelhas. Esta última é o nível mais grave de índice de violência, como assaltos e homicídios. Estas manchas são formadas de acordo com os dados recebidos pelo Centro Integrado de Operações da Polícia (CIOSP).

Participaram da coletiva de imprensa o Comandante do 12º BPM, Major Jailson Andrelino; Comandante do 2º BPM, Major Luiz Maximiliano; delegado Cleiton Pinho, delegado regional Denis Carvalho, Comandante da Polícia Rodoviária Estadual, Major Manoel Lima.

Divipoe prende foragido da Justiça com droga e arma caseira na região do Dom Jaime Câmara em Mossoró

ImagemAgentes da Divisão de Polícia do Oeste (Divipoe) sob o comando do Dr. Renato Oliveira, prenderam nesta terça feira 03 de março, Alexsandro Gomes Bezerra, natural de Belo Horizonte/MG, foragido do Sistema Prisional do RN.

Ele foi preso em uma residência localizada por trás do Ceduc, no Planalto da Liberdade, região do Dom Jaime Câmara em Mossoró e na casa os agentes da Divipoe encontraram cerca de 200 gramas de maconha em trouxinhas e tablete, saquinhos plásticos, uma balança de precisão e uma arma de fabricação caseira, com capacidade para munição calibre 38.

Alexsandro foi condenado por tráfico de drogas e estava cumprindo pena no regime semi-aberto da Penitenciária Mário Negócio, mas havia fugido daquela unidade prisional. Contra ele existe também um mandado de prisão em aberto.

Na Divipoe, o foragido foi autuado por tráfico de drogas e posse ilegal de arma e após os procedimentos encaminhado à Cadeia Pública pelo flagrante delito. Posteriormente ele será transferido para a unidade prisional de origem, para cumprir o resto da pena.

ImagemFim da linha

74º Homicidios em Mossoró em 2018: Um homem é morto e dois baleados no bairro Abolição 3

Um crime de homicídio foi registrado na manhã de domingo 01 de Abril de 2018, no Bairro Abolição III em Mossoró Rio Grande do Norte.

Segundo informações, Francimilson Barbosa de Souza, “Nhonho”, de 34 anos de idade, residente no Conjunto Abolição IV em Mossoró, foi surpreendido e morto com mais de 15 tiros enquanto bebia com amigos em frente de uma lanchonete no Conjunto Abolição III em Mossoró no Oeste Potiguar.

Uma viatura da Policia militar esta no local realizando o isolamento até a chegada do Instituto Técnico e Cientifico de Pericia que fara a remoção do corpo para sede do órgão.

Jovem de 18 anos sofre atentado a bala na cidade de Areia Branca no litoral do Oeste Potiguar

Um jovem identificado como Sebastião RImagemodrigues do Nascimento, 18 anos de idade, residente no Bairro Nordeste em Areia Branca, no Litoral Potiguar, foi vítima de uma tentativa de homicídio, na noite deste sábado 31 de março de 2018, naquela cidade.

Segundo informações da esposa da vítima, o jovem, trafegava em uma motocicleta e estava indo visitá-la no trabalho e quando se aproximou do local foi surpreendido pelo atirador, que também estava de moto, se aproximou e efetuou vários disparos de arma de fogo em sua direção.

Sebastião foi atingido com três tiros, sendo dois na região do abdômem e um na coxa direita. Ele foi socorrido por populares para o Hospital local e depois transferido por uma ambulância de suporte básico do Samu até a entrada Mossoró, onde o mesmo foi transferido para uma Unidade de Suporte Avançado (ALFA) do Samu até o Hospital Tarcísio Maia.

A Polícia Militar, não foi informada sobre a motivação do crime e desconhece a identidade do atirador que fugiu após atirar na vítima.

Fimdalinha

73º Homicidios em Mossoró em 2018

0587bc39-52be-414a-a54f-0bed87eafb04

Mossoró registra mais um crime de homicídio, elevando para 73 o número de assassinatos na cidade neste ano de 2018. Um homem ainda não identificado foi encontrado morto com sinais de violência e com as mãos amarradas para trás na região da Malvinas.

Polícia Militar está no local fazendo o isolamento. A Polícia Civil e o Instituto Técnico Científico de Perícia (ITEP), já acionados para o local.

(072ª) Ex-presidiário é morto a tiros no bairro Boa Vista

ImagemO crime aconteceu no inicio da tarde de hoje, 28 de março na Rua Francisco Sólon no bairro Boa Vista em Mossoró no Rio Grande do Norte.

Foi a 72ª morte na cidade de janeiro a 28 de março de 2018.
No mesmo período em 2017, foram registradas 54 mortes.
O ano de 2016 continua sendo o que registrou o maior índice de violência homicida no mesmo período, com 72 mortes matadas.

Segundo informações, a vitima é Gutemberg Alexandre da Silva, preso há poucos dias durante operação da Divisão de Homicídios de Mossoró.

(071ª) Popular baleado no Dom Jaime Câmara, morre no Tarcísio Maia

ImagemJairon de Souza Oliveira, de 30 anos de idade, foi vitima de tentativa de homicídio, fato que aconteceu no Conjunto Jardim das Palmeiras, no bairro Dom Jaime Câmara em Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Foi a 71ª morte na cidade de janeiro a 28 de março de 2018.
No mesmo período em 2017, foram registradas 54 mortes.
O ano de 2016 continua sendo o que registrou o maior índice de violência homicida no mesmo período, com 72 mortes matadas.

Segundo informações, a vitima foi socorrida por populares para a Unidade de Pronto Atendimento do Alto de São Manoel, apresentando uma perfuração no tórax, provocada por um tiro.

Depois dos primeiros socorros Jairon precisou ser transferido, já entubado, para o Hospital Regional Tarcísio Maia, o que foi realizado por uma equipe do Samu, mas não resistiu.

(070ª) Preso de Justiça em liberdade condicional é morto dentro de oficina no Belo Horizonte em Mossoró

ImagemO crime aconteceu dentro de uma oficina na Rua Manoel Ermelino dos Santos, próximo ao Mercantil Horizonte, no bairro Belo Horizonte em Mossoró, no Rio Grande do Norte, na manhã de hoje, 28 de março.

Segundo informações, a vitima, Matheus Vinicius Conrado Lopes, que teve um tio “Junior de Bizá” morto recentemente no mesmo bairro, foi morto dentro da oficina de pintura de propriedade da família.

Ainda segundo informações, o mesmo era acusado de assalto com passagem pelo sistema prisional de Mossoró, mas cumpria a pena em liberdade condicional.

Imagem

ocamera